Início Destaques Equador descobre uma das maiores minas de ouro, prata e cobre do...

Equador descobre uma das maiores minas de ouro, prata e cobre do mundo

Autor

Data

Categoria

Os recursos naturais da América do Sul não param de ser descobertos. O Ministério de Energia e Recursos Naturais Não Renováveis do Equador anunciou no último mês a descoberta de uma gigantesca fonte de mineração, uma mina de ouro, prata e cobre do mundo.

Batizada de “Alpala”, a fonte de minérios está localizada na província de Imbabura, no norte do país. A mina faz parte do projeto “Cascabel”.

Segundo especialistas consultados pelo governo do Equador, a região pode ser classificada como um “depósito de nível 1”.

A geografia é rara, mas pode ser responsável por mais de metade da produção de cobre do mundo.

A notícia chocou o mundo todo, pois a descoberta pode significar o achado da maior mina subterrânea dos minérios do mundo.

Segundo a empresa que tem o direito de explorar o local, a vida útil da mina está entre 49 e 66 anos. A expectativa é produzir anualmente, nos primeiros 25 anos, 207 mil toneladas de cobre, 438 mil onças de ouro e 1,4 milhão de onças de prata.

A previsão é investir no local U$26 milhões.

A mineração e as atividades ligadas ao petróleo são duas das principais fontes de receita para o governo do Equador, mas grupos indígenas e ativistas criticam firmemente os projetos em andamento por considerar que eles ameaçam a biodiversidade do país.    Fonte: Agência EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DELIO ANDRADE

Jornalista, sob o número 0012243/DF

Responsável pelo G44 Blog, assuntos referenciados a G44 Brasil S.A. Empresa brasileira do ramo de investimentos.

CONTATOS:

ENDEREÇO: QS 01, Rua 210, lote 34 bloco b Sala 306 Edifício Empresarial Led Águas Claras, Brasília - DF, 71950-770

TELEFONE: +5561984277294

Últimas postagens

Criptomoedas voltam para a pauta do Senado Federal

Nesta quarta-feira, as comissões de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática e a de Assuntos Econômicos voltaram a debater as operações envolvendo criptomoedas, como...

Comentários

Atendimento do Blog G44